sábado, 2 de dezembro de 2017

Sublime

sábado, dezembro 02, 2017 0 Comments
Resenha

Sinopse: Isadora de Noyers cresceu em um ambiente de luxo e frivolidade. Diferentemente de seu irmão, o herdeiro do trono, ela se criou livre, sem outras preocupações além da obrigação de se casar com o marido escolhido quando tinha apenas um mês de vida.
Acostumada a ter todas as suas vontades acatadas, não havia limites para suas diversões. Dona de uma personalidade vibrante, apreciava festas e eventos, sobretudo, na companhia masculina.
Tendo um marido ambicioso que a incentivava a realizar todos os seus desejos, ela vê sua vida começar a mudar quando se encanta pelo capitão da sua guarda pessoal, um homem sério e orgulhoso que não tem qualquer vontade de participar de seus jogos de poder e sedução. O fascínio que ele exerce sobre ela a domina de tal forma, que conquistá-lo se transforma em seu maior objetivo.
Seus planos, entretanto, não saem exatamente como ela imagina, o que acaba desencadeando verdadeira reflexão sobre sua vida, seus valores e suas responsabilidades.



Ana é uma princesa sem muitos atributos e possuinte de uma beleza “normal”. Além disso, ela nunca fora muito feliz, detestava ser chamada atenção pelas suas falhas. A situação só piorou depois que Ana casa com o Rei Felipe II, que apesar de não sentir atração pela esposa, sempre cumpria seus deveres como marido. Mas conforme o tempo passa, Ana não consegue engravidar de nenhuma maneira, sempre tendo abortos. Além disso, ao que parece sua saúde sempre é frágil, pois vive doente. Dessa forma, Ana se sente cada vez mais mal, mais cabisbaixa, triste, e com vergonha por não conseguir fazer seu papel, que é dar um filho ao Rei.

Ana


Porém, depois de um tempo, Ana consegue dar seu primeiro filho, um homem (Henrique), para herdar o trono. Tendo cumprido seu papel, Ana se sente mais aliviada e tranquila. No entanto, o tempo passa e ela precisa dar outro filho ao Rei, só que a gravidez nunca vinga. Com sorte, depois de tanto tempo tentar, Ana dá à luz a Isadora, mas acaba não resistindo ao parto.



Rei Felipe II







Henrique e Isadora crescem com saúde e desfrutando do reinado. Já pela sua idade mais avançada e por ser homem, Henrique sempre está próximo ao pai aprendendo as coisas do reinado e do poder. Já Isadora, mais nova, sempre fora criada muito mimada e cheia de vontades. No entanto, para estabelecer paz, Isadora fora prometida a um príncipe.





Quando Isadora se torna uma verdadeira mulher, seu pai e seu irmão decidem que já está na hora dela se casar. Então, todos os preparativos começam a ser feito para o casamento. Tudo ocorre perfeitamente bem e Isadora se casa com Luiz Augusto. No início do casamento, ambos estão muito felizes um com outro, mas conforme o tempo vai passando, a verdade começa a aparecer. Logo que Isadora engravida ela fica totalmente infeliz, pois não sente que quer ser mãe e sim ter sua liberdade. Já Luiz Augusto se mostra cada vez mais próximo ao Rei e os interesses do reinado do que dar atenção a sua esposa.
Isadora

Luca

Depois de um tempo, Luiz e Isadora se tornam cada vez mais distante um para outro. Cada um começa a procurar o que lhe é do seu maior interesse e o que os deixam felizes. Mas o aparecimento de um homem chamado Luca que salva Isadora de um grande desastre, muda completamente a vida do casal e de todo reinado.



Esse é um livro no qual me surpreendi da melhor maneira possível. Eu esperava várias coisas dele, principalmente um romance clichê, mas não tem nada disso nesse enredo. Esse é um romance de época – histórico muito bem escrito, muito bem contado em todos os detalhes relacionados à época, ao romance e ao personagem principal. Eu me senti vendo aqueles filmes de época, ou aquelas séries antigas que tem rei e rainhas, entre outras coisas. Eu fiquei em êxtase quando li essa obra, devorei o livro em poucos dias e quando vi já tinha terminado.

Isadora no início é aquela menina chata e mimada que te faz revirar os olhos, mas depois mesmo com o jeito dela de ser, você vai se afeiçoando a personagem. Gostei muito do crescimento dela, ver que ela realmente cresce como pessoa, como mulher, mãe, aristocrata e protagonista.

Sinceramente eu adorei o Luca, minha vontade era de dar uns vivas e parabéns a ele em algumas cenas, por que nossa, ele arrasa demais. E é através dele, das coisas que ele faz que Isadora começa a enxergar um mundo novo, começa a tirar a venda dos olhos. É o amor dele que a transforma. Então isso, é mega romântico, não acham? Eu achei. O final tem o desfecho perfeito. Só fiquei triste com uma morte entre os protagonistas, mas tudo bem, tinha que acontecer.

Gente não perca a oportunidade de conhecer essa obra magnífica, a autora arrasa e eu já estou aqui ansiosa pelos outros livros. Vocês sabem que quando gosto de um livro, eu gosto mesmo e esse vale muito a pena conhecer.

Obs: Lembrando que está tendo Sorteio dele lá no Instagram @naturezaliteraria .



Ficha Técnica

Autora: Michelli Moraes
Publicado: 2017
Número de páginas: 204
Nota:

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

O Ladrão de Sonhos

quinta-feira, novembro 23, 2017 0 Comments
Resenha


Sinopse: Ele nasceu predestinado a fazer coisas grandiosas e de fato sua juventude foi muito promissora. Mas eventos inesperados transformaram o jovem Lincon em um homem sozinho e esquecido. Dezessete anos se passaram, quando ele descobriu o poder sombrio de roubar sonhos, transformando uma cidade inteira em um lugar de trevas e solidão. Só que um encontro inesperado mudou tudo o que ele pensava sobre a vida e essa pessoa se tornou a única esperança de todas as vidas que ele destruiu.

Nota do Autor: O Ladrão de Sonhos aborda os paradigmas da eterna luta do bem contra o mal, desafiando o leitor a entender o que levou o jovem Lincon para longe dos seus objetivos. O rapaz se perdeu e tentou levar consigo o máximo de pessoas possível. Estava decidido a levar as trevas por toda a região e também no mundo inteiro. Contudo, ele não contava com algo que surgiu em seu caminho e, talvez essa seja a única esperança dos sonhos que ele roubou.

Bem Vindos ao mundo de Lincon Walter: O Ladrão de Sonhos




James Walter é um empresário americano que resolve investir na cidade do Vale das Montanhas Gêmeas na capital de Engenhópolis. Era para ser somente um investimento, mas James acabou se apaixonando e se casando e por ali naquela cidade mesmo ele decidiu morar. James teve quatro filhos, três meninos e duas meninas. Lincon pode -se dizer que é o filho superdotado.

Lincon é estudante de Engenharia, um grande nadador, projetor e muito famoso na cidade; além disso ainda namora a filha do prefeito. Porém Lincon é muito ganancioso, nunca está satisfeito com o que tem e sempre deseja mais. Sua irmã Sara tenta lhe alertar do perigo que ele corre tendo essa personalidade, mas Lincon não dá ouvidos a irmã.

Conforme vai passando o tempo, Lincon começa a desistir dos seus sonhos, aos poucos vai deixando seus projetos e sua família de lado. Até que chega a um ponto onde se encontra sozinho. Sua família tenta se reaproximar, só que Lincon afasta eles cada vez mais da sua vida.

Isolado, Lincon começa a descobrir que tem um dom, ele descobre que consegue roubar os sonhos das pessoas durante seus sonos. A cada roubo Lincon sente mais seu poder e o controle que tem nas pessoas e cada vez mais ele sente a necessidade de roubar mais e mais sonhos. Até que chega a ser um verdadeiro Ladrão de Sonhos.

Mas em dia, invadindo o que parecia ser um sonho, Lincon encontra uma menina que imediatamente percebe sua presença. E é aí que Lincon se sente desesperado, pois além de não conseguir roubar o sonho, a menina também lhe identificou.

A cada vez que Lincon cai no sono ele continua entrando no mesmo sonho e se encontrando com a menina. É a partir daí que sua vida começa a mudar e Lincon se transforma em uma outra pessoa.



[...] as pessoas têm o costume de desistir fácil demais uma das outras. Principalmente quando essas não atendem mais as suas necessidades.”

“ Nada na vida dura para sempre e até aqueles que não desejam, podem ter uma segunda chance.”

“O mundo seria um lugar melhor se mais pessoas incentivassem, ao invés de criticar.”


Esse foi um livro que me surpreendeu. Confesso que não esperava tanto da obra, mas a cada página que lia, mais queria ler. A história te cativa e envolve e você quer saber o que vai acontecer com Lincon. Quando ele encontra a menina percebe-se que ali vai ocorrer uma grande mudança na sua vida. E cada peça enfim vai se encaixando.

O livro te traz uma história recheada de ensinamentos, nos mostra que todas as nossas atitudes têm consequências e que o mundo não é só feito de aquilo que vemos e conhecemos. Há algo muito maior que nossa capacidade como humanos não consegue ver.

Gostei bastante do fato de o autor trazer um personagem tão humano. A verdade é que há muitos Licon’s por aí, há muitas pessoas que se isolam das outras por se acharem melhores do que os que estão a sua volta. E uma coisa interessante é que o autor trouxe a visão dos mendigos ou moradores de rua; as vezes pensamos que são só drogados, pessoas pobres, mas não, tem pessoas de todos os tipos que moram na rua e tem pessoas que poderiam se entregar a tristeza e ao isolamento, e pelo contrário, sempre consegue forças para viver a cada dia.

Nessa obra é abordado um pouco sobre Deus, dons que algumas pessoas têm e o fato de acreditar sem ver, ou melhor, enxergar a beleza da vida, das coisas à sua volta.

Uma obra fantástica que indico a todos lerem. Tenho certeza que esse livro vai te envolver e te trazer grandes lições de vida.



Conheçam também  O bosque dos Anjos do autor Sidnei Coelho, clique aqui. Venda em e-book na Amazon.



Contato do autor: 



Ficha Técnica

Autor: Sidnei Coelho
Editora: Chiado
Publicado: 2016
Número de páginas:  188

Nota: 

O doador de memórias

quinta-feira, novembro 23, 2017 0 Comments
Resenha



Esse livro conta a história de Jonas, um pré-adolescente que vive em uma comunidade. A comunidade é dividida da seguinte forma: cada casa tem um núcleo familiar, onde o casal é escolhido pelos Anciões, assim como os filhos. E cada núcleo possui apenas dois filhos, um menino e uma menina. Os filhos são adotados, pois os casais são inibidos de sentir qualquer tipo de “desejo”.





Cada criança passa de fase e cada tipo de fase é um crescimento e amadurecimento. Jonas é um onze e logo se tornará um doze, o que faz dele nessa “idade” ou fase começar a se preparar para ter uma função ou profissão dentro da comunidade.

Jonas mora com seus pais e sua irmã Lily, ambos têm um laço familiar tranquilo e compartilham sempre seus sentimentos e sonhos uns com os outros. Seu pai é uma espécie de cuidador, ele fica no “berçário” da comunidade e uma das crianças nascidas está sofrendo para dormir. Com “pena” do bebê, o pai de Jonas acaba trazendo para casa e todos começam a cuidar de Gabriel para que ele tenha um sono mais tranquilo. Mas conforme o tempo vai passando, Gabriel não apresenta melhora. No entanto, o pai de Jonas consegue fazer com que os Anciões deixem Gabriel permanecer mais um ano na sua casa aos seus cuidados. Se Gabriel apresentar melhora ele será adotado por uma família e, se não, terá que ser dispensado.

O dia da cerimônia para Jonas se tornar um doze chega e a sua ansiedade só aumenta. Porém na sua vez de ser chamado a Anciã que está fazendo a apresentação pula seu nome. E conforme o tempo vai passando tanto Jonas quanto toda a comunidade começam a ficar aflitos.




Depois de todos serem chamados, Jonas finalmente é convocado para subir ao palco e a Anciã lhe diz que ele será o novo Recebedor de memórias; um dos cargos mais importantes e de prestígio de toda a comunidade. O recebedor de memórias é alguém que guarda todas as informações antepassadas, tudo que já teve no mundo, todos os tipos de sentimentos e muito mais.

Então é a partir das aulas para se tornar um recebedor de memórias que a vida de Jonas começa a mudar drasticamente e ele começa a descobrir a verdade sobre tudo.





“O pior de ser quem guarda as lembranças não é a dor que se sente. É a solidão. As lembranças precisam ser partilhadas.”



Esse livro aborda temas impactantes. Fiquei pensando se um dia chegaremos a esse ponto, se poderemos ser esse tipo de pessoa. E é até um conflito você pensar no que está certo ou errado entre as regras da comunidade. Pois afinal, tudo tem dois lados ou duas faces.

Antes da cerimônia de Jonas você começa a pensar que até então tudo é “normal”, mas depois que Jonas começa a receber as memórias, percebe-se o quanto aquelas pessoas são “perturbadas”. A impressão que tive é que eram uma espécie de robôs humanos, que estão programados para fazerem só determinadas coisas.

E aí você também sente toda aflição de Jonas quando ele descobre os sentimentos, a vida. Eu sinceramente acho que tinha enlouquecido que nem a Rosemary. É muita informação para uma única pessoa receber. Admirei a coragem e toda confiança que o personagem teve. Agora estou curiosa com os outros livros e se irei reencontrar esse personagem.

Eu adorei o livro, achei incrível como tudo foi abordado. É uma ótima leitura para refletirmos sobre nossas atitudes como pessoa e como ser humano. Meu único pesar é como o livro terminou, o que sinceramente eu esperava muito mais.

Ahhh no final do livro tem uma entrevista com a atriz Taylor Swift que fez participação no filme e também tem um trecho do próximo livro.


Vou deixar aqui para vocês as capas dos livros. Os títulos do quarteto são:  O doador ( O doador de memórias), Gathering Blue (A escolhida), Messenger (O mensageiro) e Son ( que ainda não foi publicado no Brasil). Vou deixar também o trailer do filme e os personagens principais.







          



Ficha Técnica

Autor: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Publicado: 2014
Número de páginas:  208

Nota: 

terça-feira, 21 de novembro de 2017

O Silêncio das Águas

terça-feira, novembro 21, 2017 0 Comments
Resenha

Maggie e seu pai acabam de se mudar para nova casa, uma nova família. Seu pai se casa com Kate que tem dois filhos, Cherly e Calvin. Ao chegar na casa Maggie é muito bem recebida pela sua nova mãe e pelos seus novos irmãos. Para ela, dessa vez é para sempre, é definitivo que iram ter uma família de verdade e feliz. Na casa, ela acaba conhecendo também o amigo de Calvin, Brooks, que acaba a ajudando a dormir quando ela não consegue. A partir daí Maggie acaba se apaixonando por Brooks.


Como são apenas crianças, todo mundo acaba aceitando a paixonite de Maggie, e ela mesma está planejando um casamento com Brooks. Mas Brooks não gosta de Maggie, acha ela completamente irritante, no entanto, em um passeio a barco, Maggie dá um beijo em Brooks e ele acaba gostando. Depois de alguns dias tudo está preparado para o casamento de brincadeira, mas Maggie quer se encontrar com seu amado e vê se ele escolherá a gravata correta para se casarem. Só que Brooks se atrasa e Maggie preocupada com sua falta de pontualidade acaba ficando perdida na mata. É quando algo acontece a ela e que a muda para sempre.

Depois do que ocorreu, Maggie se fecha para o mundo e para todos, ficando isolada. Brooks não aguentando ver a amiga assim decide lhe fazer a promessa de quem sempre estaria com ela e seria sua âncora, e que ela sempre lembraria disso ao ver o colar com pingente de âncora que ele lhe dá.


Depois de alguns anos, Brooks e Maggie já estão jovens e mesmo assim nunca se separaram. Brooks ainda continua visitando Maggie e perguntando como ela está, e Maggie sempre o deixa entrar em seu quarto e compartilha com ele seu dia e a música.

Logo depois do ocorrido, Maggie fica tão isolada que não sai mais de casa e nem fala com ninguém e isso faz com que toda a estrutura familiar mude. Assim, eles acabam se privando de todo e qualquer divertimento justamente por conta de Maggie. E Cherly e Maggie que eram amigas antes, se tornam duas estranhas uma para outra. Assim como Kate que não consegue mais enxergar a filha. No entanto, Calvin se torna seu grande amigo e seu pai continua lhe dando todo amor.





Os maiores prazeres de Maggie são os livros, é ali que ela embarca em novas histórias, personagens e lugares. A música era proporcionada através de Brooks, que sempre chegava com seu Ipod lhe mostrando novas canções. E também tinha a banda dos meninos, no Maggie sempre participava dos ensaios. E o chá da tarde era proporcionado pela Sra. Boone, que após o ocorrido com Maggie se sentia no dever de ir sempre visitá-la.






Conforme o tempo vai passando, Maggie e Brooks vão se aproximando cada vez mais e o sentimento entre eles que nunca se acabou desperta. E assim Maggie e Brooks acabam namorando. Mas nem tudo é flores, com o novo namoro, Kate acredita que Maggie vai acabar regredindo no processo do tratamento e faz de tudo para separar os dois. Até que por fim, ela consegue dar um fim no namoro de ambos. Com a banda fazendo todo sucesso justamente com a ajuda de Maggie, Brooks acaba indo morar em outra cidade e é quando anos e anos se passam sem que ambos se veem ou tenham contato.





Será que eles iram se reencontrar?
Será que depois de tanto tempo a vida dos dois não mudaram drasticamente?
Será que aparência e a vida deles mudaram?
Será que o amor vai continuar depois de tanto tempo?




“Amar alguém não significa estar junto só nos dias ensolarados, significa permanecer ao lado da pessoa durante as noites de tempestades também.”

“A coisa mais triste do mundo era que você poderia encontrar a pessoa que mudou sua vida para sempre e, ainda assim, acabar não ficando com ela. As pessoas que te ensinavam a amar nem sempre eram as que ficavam ao seu lado.”

“Às vezes, as pessoas não são quem você acha que são.”

“Uma pessoa nunca relê um livro excepcional e segue em frente com as mesmas crenças. Ele sempre surpreende e desperta novas ideias, novas formas de olhar para o mundo, não importa quantas vezes as palavras foram lidas.”


Eu adorei esse livro, simplesmente fiquei apaixonada. Logo no início da leitura você já leva um “tapa na cara”, ou seja, já chega, chegando. Conforme você vai lendo não sabe se chora ou ri. É um mix de sentimentos. Para mim foi um livro destruidor de coração. E meu exemplar está aqui recheado de post-its, por que é cada frase, cada sentimento expressado que você não quer perder nada.

Maggie é aquela menina alegre e até chata de vez em quando, mas depois do que sofre ela vira outra pessoa. Outra criança, outra adolescente, outra mulher. E o “engraçado” de tudo é que quem menos gostava dela é quem ficou mais ao seu lado. Tanto Brooks quanto a Sra. Boone nunca a deixaram de lado, posteriormente sua irmã Cherly também.

E por falar em Brooks...que ser é esse!!!! Desde criança Brooks sempre foi um fofo e conforme o tempo vai passando ele se torna ainda mais apaixonante. Se torna para Maggie um amigo, companheiro, ídolo, namorado, ficante, amante...tudo isso e mais um pouco. Apesar da sua vida, Brooks nunca deixa Maggie de lado, ela é seu grande amor, sua vida.

Eu sinceramente nem consigo expressar o amor desses dois. É tão forte e intenso, é tão belo o que Brooks é e faz por Maggie. Um amor sem explicação. A vida toda Maggie precisava de Brooks e há uma hora que é Brooks que precisa da sua melhor amiga e Maggie não deixa de estar ao seu lado. E mesmo com tudo que acontece com o Brooks ele ainda assim continua ajudando Maggie, pois é com tudo que acontece que faz ela se libertar dos seus medos.

Me identifiquei muitas vezes com Maggie, com seu jeito de pensar das pessoas, seus sentimentos e seu amor pela leitura. É nos livros que Maggie se liberta e vive vários cenários de dentro do seu quarto. São os livros que lhe ensina as coisas, que lhe traz conhecimento e sabedoria. E a música é algo que toca ela, que a distrai e que a faz se sentir feliz.

Eu só peço que leiam esse livro, tenho certeza que vai modificar seus dias, seus sentimentos. Uma história de superação, de amor e amizade; uma história que te toca e te chorar e te faz rir; uma história que irá te fazer refletir. Uma obra completa e tocante. Difícil não amar. Então, leiam!!

Vou deixar aqui algumas músicas citadas no livro, assim como alguns livros que também foram citados.



Playlist do livro

Obs: Clique nos links e confira as músicas


Livros citados pelos personagens


Ficha Técnica

Autora: Brittainy C. Cherry
Editora:  Record
Publicado: 2017
Número de páginas: 363

Nota: 

domingo, 12 de novembro de 2017

O Sorriso da Hiena

domingo, novembro 12, 2017 0 Comments
Resenha


Detetive Artur tem um novo caso a resolver; um pai e uma mãe estão desaparecidos, possivelmente mortos, e uma criança de oito anos traumatizada é deixada para trás. Até então, Arthur não sabe o que houve, mas pelo que parecia o pai era alcoólatra, a família era de baixa renda, no entanto, a casa não foi invadida. Já sua amiga Bete tem um caso a resolver de um hacker que foi encontrado enforcado.


O que seria um “simples” caso para Artur encontrar fatos e respostas e possivelmente o assassino, se torna em vários crimes cometidos por um serial killer. Crianças traumatizadas após verem seus pais assassinados.

William é um respeitado psicólogo que trata de crianças desde as que precisam de acompanhamento mais simples até aquelas que sofrem ou sofreram por diversos tipos de traumas. Apesar de ser um psicólogo renomado, William é bem simples, noivo de Juliana, ama sua noiva e seus amigos e sente um grande prazer em ajudar diversas crianças. Atende de graça algumas crianças nos quais os responsáveis não podem pagar por uma consulta, mas que necessitam de ajuda. Ou seja, vive para trabalhar. Na faculdade escreveu um estudo para entender o desenvolvimento da maldade humana, mas como não tinha provas (dados), suas ideias e probabilidades só ficaram na teoria.



Quanto ao caso dos pais desaparecidos e a criança traumatizada, a polícia chama William para tentar conversar com o menino e tentar descobrir quem foi o assassino. Mas o que a polícia não sabia era que aquele seria o primeiro caso de muitos, haveria muito mais crimes e muito mais crianças no qual William teria que conversar.


Para William, aquela era apenas mais uma criança que precisava de ajuda, mas um e-mail enviado por um homem chamado David, muda o rumo completamente das coisas e a vida de William. David faz a seguinte proposta para o psicólogo: ele oferece William a oportunidade de conseguir provas para seu antigo estudo. William trataria de crianças que sofreram grandes traumas emocionais e descobriria se esses traumas, no caso, o trauma específico de ver um assassinato brutal dos pais, influenciaria no desenvolvimento delas após um tempo.

Será que William aceita a proposta de David? Até onde ele seria capaz de chegar para ter dados do seu estudo? Será que os policiais encontrariam o assassino antes de tudo?




“As pessoas não dizem o que veem, dizem o que sentem”

“Quando a gente entende a dor, para de sentir medo dela e consegue encará-la de frente.”




“A gente muda ou é mudado. Não tem como escapar dessas duas opções”

“Às vezes é melhor ficar longe de certas saídas. Às vezes a coragem está em não fazer nada.”


Posso dizer que me surpreendi de todas as formas possíveis com esse livro. A cada página que lia, pensava que ia acontecer uma coisa e ai bumm, acontecia outra. E você quer ler e ler para saber o que vai acontecer e quando vê não consegue mais parar. SURPREENDENTE, é a única palavra que define esse livro. E eu como bióloga adorei saber o porquê do título do livro, sou altamente fascinada por comportamento animal e a comparativa com o humano. Achei incrível o autor inserir isso no enredo. Estou encantada, pois não tinha conhecimento da informação passada.

Fiquei chocada com alguns acontecimentos, jamais imaginei o que ia acontecer na ação e reação de algumas pessoas. Senti a aflição de Artur, pois quanto mais ele chegava perto parecia que mais longe ele estava para descobrir toda a verdade. Senti muito por algumas mortes que aconteceram ao longo do livro e fiquei muito muito chocada com um objeto que tem na história. O que me fez lembrar de um outro livro que li e acho que nesse outro a ligação era muito mais macabra, porém esse não deixa de ser. Quem sabe no próximo encontramos algo mais sanguinário ainda. kkkk



O final é, não sei explicar sem me tornar repetitiva. Para mim chocante e surpreendente define tudo, rsrs. Eu não esperava jamais por aquilo, não esperava que a trama iria se desenvolver daquela forma.

Eu só falo uma coisa, Leiam! Por favor!!! Quem não leu ainda está perdendo uma história incrível. A escrita do autor é perfeita, totalmente instigante. A diagramação também, sem comentários. O livro é maravilhoso por inteiro. Eu amei demais, virou favorito e a partir daqui quero ler muitos outros livros que tenham serial killers. Esse, com certeza, me despertou o interesse a esse tipo de gênero literário.

E não vejo a hora de poder ler o segundo livro do autor. Para quem talvez ainda não saiba, o livro vai virar série no qual será reproduzida pela rede Globo. Ansiosa para esse momento!!!! Espero que a adaptação seja tão boa quanto é a história original.


Ficha Técnica

Autor: Gustavo Ávila
Editora: Verus Editora
Publicado: 2017
Número de páginas: 264
Nota: 




Instagram