Percy Jackson e os Olimpianos- O Ladrão de Raios

Resenha





Conta a história de um menino chamado Percy Jackson, que tem uma mãe que trabalha em uma loja de doces e no qual o pai se foi desde antes ele nascer. Percy mora com a mãe e o padrasto, apelidado por ele de, Gabe “O cheiroso” já que ele fedia demais. Gabe só vivia para explorar Percy e a mãe dele, passava seus dias jogando pôquer com os amigos.
Percy era um menino que vivia mudando de escola, sofria de déficit de atenção e desde pequeno várias coisas estranhas aconteciam com ele. Na Academia Yancy conheceu seu melhor amigo, Grover que futuramente ele descobriu ser um menino bode; além de Grover a única pessoa que parecia gostar dele era o professor de latim chamado Sr. Brunner que mais tarde descobriria se chamar na verdade de Quíron (um centauro).

Percy começa a descobrir quem ele é realmente quando em um passeio ao museu, Nancy Bobofit (sua maior inimiga na escola) mais uma vez começa a implicar com ele enquanto ele estava com Grover sentado no chafariz; até que algo de estranho acontece com ela e a sra. Dodds lhe chama a atenção arrastando ele para dentro do museu. È nessa hora que ela se transforma em um verdadeiro monstro, quem o salva é o Sr. Brunner com uma caneta esferográfica que se transforma em uma espada. A partir dali Percy se vê cada vez mais intrigado por tudo que acontece em sua volta e ninguém parecer ver nada além dele.

**

“Os seres humanos veem o que querem ver.” (p.302)

** 

Gostei do livro, porém não foi nada do tipo emocionante e teve pouca coisa que me motivou a ler, já um pouco antes da metade do livro já consegui desvendar algumas coisas, ou mesmo na metade já consegui desvendar outras. Até que nas últimas folhas a história parece dar uma animadinha e entrar naquele suspense e aventura. Futuramente eu até quero ler os outros livros, porém no momento não vai ficar como prioridade. Talvez eu também posso ter esperado muito do livro. Quanto as explicações de mitologia grega, o livro explica muito bem a respeito de alguns deuses entre outras coisas. Como estava enferrujada sobre o assunto de uma revigorada, uma forma interativa e divertida de se aprender sobre a mitologia. A história também é muito bem escrita e narrada de forma bem divertida através do personagem principal, várias vezes ri com os pensamentos e as falas de Percy. Apesar do livro ser infanto-juvenil eu indico para todas as idades.
Obs. Ao final do livro encontra-se o início do segundo livro da série, Percy Jackson e os Olimpianos - O Mar de Monstros.

**

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano:2014
Número de páginas: 387
Nota: 

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger