Um Perfeito Cavalheiro - Os Bridgertons






Sophie Beckett é filha bastarda do conde Richard Gunningworth, mas ele nunca confessou isso a ninguém, apenas dizia que ela era sua pupila. Até então a vida de Sophie era tranquila, mas o conde decidiu se casar com Araminta e esta nunca a aceitou. A “madrasta” antes de casar com o conde já tinha duas filhas, no qual ela decidiu imediatamente afastá-las de Sophie. Depois de um tempo o conde veio a falecer e para ganhar mais dinheiro da herança, Araminta decidiu ficar com Sophie, mas esta ficou sendo tratada como uma escrava dela e para suas filhas.


A vida de Sophie muda a partir do momento que um baile de máscaras realizado pela família Bridgertons é anunciado. A Sra. Gibbons, governanta da casa Penwood, que sempre esteve com Sophie, decide que ela tem que ir ao menos uma vez em um baile. Assim que chega na casa dos Bridgertons, Sophie conhece Benedict, algo dentro dela se desperta e ela deixa se levar pelo momento, apenas por uma noite dos sonhos.

Só que felicidade dura pouco, e a meia noite, Sophie tem que estar em casa antes de Araminta e as filhas chegarem. Porém, tamanha aventura acaba sendo descoberta e Sophie é expulsa de casa. Após dois anos, quando está trabalhando na casa dos Cavenders, Sophie reencontra seu grande amor e sua vida muda novamente.

**

Achei a história bem gostosinha de ler, mas nada comparado aos dois primeiros livros que li. Ben é aquele homem extremamente apaixonado que se entrega a um amor à primeira vista e que sempre buscou alguém no qual, o amasse por ser quem ele é realmente, não pelo seu sobrenome. Sophie tem a típica história da Cinderela, sendo essa obra uma releitura da mesma. Pelo fato de inicialmente ter essa releitura eu não gostei muito não, mas depois a história toma seu próprio rumo, porém na minha opinião, não foi nada que me fez suspirar.

**

Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Edição: 2014
Número de páginas: 303

Nota: 
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger