Tudo sobre a série 13 Reasons Why


Olá pessoal, hoje venho falar sobre a série 13 Reasons Why que está sendo tão comentada nas redes.




No início desse mês foi estreado no Netflix a série que é baseada no livro Os 13 porquês. A história conta basicamente sobre uma adolescente chamada Hannah Baker, que se suicida e deixa treze fitas de áudios. Nas fitas, ela menciona outras pessoas e as atitudes dessas pessoas para com ela, que a fez cometer o suicídio. Todas as fitas cassetes se encontram dentro de uma caixa que ela deixou para Clay Jensen.

A série como um todo aborda assuntos sobre suicídio, estupro, assédio, etc. A trama foi produzida por Selena Gomes e Tom McCarthy. No elenco fazem parte: Katherine Langford (Hannah), Dylan Minnette (Clay)Kate Walsh (mãe de Hannah), Derek Luke (Mr. Porter), Alisha Boe, Justin Prentice, Devin Druid , Miles Heizer Christian Navarro , Ross Butler e Amy Hargreaves.



Assista o trailer da série:

  


Tudo indica que a série deve ganhar uma segunda temporada, já que Netflix disse em suas redes sociais que todos que assistiram a série de uma vez só não devem esperar por uma segunda temporada logo para o dia seguinte; a atriz Kate Walsh disse que é bem possível ter uma segunda temporada; assim como o ator Justin Prentice disse que ainda há mais histórias para serem mostradas. Selena Gomez também deixou escapar sobre talvez ter uma segunda temporada, ela disse que : “Nós não prevemos o futuro, mas sabemos que há histórias profundas debaixo de cada personagem. Foi esse o motivo que transformou a adaptação em série. Então, quem sabe?”.

Em uma entrevista à Entertainment Weekly, Katherine Langfordb contou como foi entrar na personagem Hanna e como foi gravar a cena do suicídio. Leia a seguir:

"Quanto mais longe você vai, mais envolvido você fica com Hannah e mais vai se sentindo próximo dela. E as coisas que acontecem também vão ficando cada vez mais ásperas. Os episódios 12 e 13 me deixaram um pouco nervosa porque, como um jovem adulto interpretando um jovem adulto, vejo que essas questões são muito relevantes. Eu só queria que os eventos fossem contados corretamente, porque eu sinto que muitos programas de TV e filmes têm mostrado essas questões de modo a romantizá-las ou as usando como um dispositivo do enredo. Eu queria que essa história fosse encarada como verdadeira. O 12 foi difícil porque eu precisei fazer muita pesquisa. Eu falei com Rebecca Kaplan, diretora de It's On Us , e falei com um psiquiatra que lida com adolescentes. Houve muita conversa sobre o motivos das coisas acontecerem do modo como elas ocorrem, coisas como o porquê de Hannah não dizer não. A cena final da Hanna em uma banheira, aquilo foi duro e me marcou porque foi o último dia de Hannah com vida. Eu me senti muito perto dela e sentia como se ela fosse uma pessoa. A história é tão pessoal que quando chegou àquela cena, não só a encenação, mas mais a parte de ter que deixá-la ir embora. Foi muito difícil. Houve muita discussão a respeito de como iríamos fazer. Quando nós gravamos a cena, eu me senti muito apoiada e absolutamente confortável no set, mas foi muito estranho porque esse tipo de situação mexe com o meu estômago. É algo muito doentio, é desconfortável, é feio, mas é por isso tudo também que precisa ser  mostrado."


Obs: Rebecca Kalplan é uma deputada que coordena a “It’s On Us”, a maior campanha de conscientização sobre estupro dos Estados Unidos, e uma psiquiatra. 

No episódio 12, Hannah é vítima de estupro e no episódio 13, ela comete suicídio.


Veja uma entrevista que foi feita com atores da série.


   


Uma boa notícia é que depois da série ser estreada, muitos pedidos de ajuda cresceram. Durante uma matéria especial ao Huffing Post Brasil, o Centro de Valorização a Vida- CVV (organização sem fins lucrativos que ajuda na prevenção do suicídio), informando que os pedidos de ajuda ou de conversa enviados para a organização aumentaram em mais de 100%, e que em algumas mensagens a série foi mencionada. 13 Reasons Why para quem não sabe, gerou um site oficial no qual estão listados vários centro de ajuda de diferentes países do mundo. A CVV oferece apoio 24h gratuito e sigiloso por telefone (141), email, chat e Skype. Fãs da série também fizeram uma campanha com a hashtag #NaoSejaUmPorque , com o intuito de mostrar exemplos de como não contribuir para a tristeza, a depressão ou até mesmo o suicídio de quem quer que seja.

**

Apesar de não ter lido o livro e ainda não ter assistido a série, achei importante levantar o assunto aqui no blog. Os temas polêmicos abordados na série são o que muitas pessoas vivem. O suicídio é causado por diversos fatores e muitas pessoas tiram a própria vida por estarem com depressão. Um mal que está atingindo cada vez mais a população, ainda mais com o excesso de informações que temos hoje. Afinal, a pressão na sociedade sobre diversas coisas é muito grande, tanto socialmente quanto profissionalmente. Observa-se que cada vez mais as pessoas estão vivendo por meio de redes sociais e isso acaba lhes afetando emocionalmente, gerando mais pessoas depressivas. A questão é que depressão, traumas e outros tipos de transtornos devem ser tratados com ajuda de profissionais, afinal ninguém se cura sozinho.




↪As informações fornecidas aqui foram todas tiradas dos sites Burnbook, Papel Pop, Omelete, Adoro Cinema e Sobre Sagas.


Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger