terça-feira, 21 de novembro de 2017

# Drama # Resenhas

O Silêncio das Águas

Resenha

Maggie e seu pai acabam de se mudar para nova casa, uma nova família. Seu pai se casa com Kate que tem dois filhos, Cherly e Calvin. Ao chegar na casa Maggie é muito bem recebida pela sua nova mãe e pelos seus novos irmãos. Para ela, dessa vez é para sempre, é definitivo que iram ter uma família de verdade e feliz. Na casa, ela acaba conhecendo também o amigo de Calvin, Brooks, que acaba a ajudando a dormir quando ela não consegue. A partir daí Maggie acaba se apaixonando por Brooks.


Como são apenas crianças, todo mundo acaba aceitando a paixonite de Maggie, e ela mesma está planejando um casamento com Brooks. Mas Brooks não gosta de Maggie, acha ela completamente irritante, no entanto, em um passeio a barco, Maggie dá um beijo em Brooks e ele acaba gostando. Depois de alguns dias tudo está preparado para o casamento de brincadeira, mas Maggie quer se encontrar com seu amado e vê se ele escolherá a gravata correta para se casarem. Só que Brooks se atrasa e Maggie preocupada com sua falta de pontualidade acaba ficando perdida na mata. É quando algo acontece a ela e que a muda para sempre.

Depois do que ocorreu, Maggie se fecha para o mundo e para todos, ficando isolada. Brooks não aguentando ver a amiga assim decide lhe fazer a promessa de quem sempre estaria com ela e seria sua âncora, e que ela sempre lembraria disso ao ver o colar com pingente de âncora que ele lhe dá.


Depois de alguns anos, Brooks e Maggie já estão jovens e mesmo assim nunca se separaram. Brooks ainda continua visitando Maggie e perguntando como ela está, e Maggie sempre o deixa entrar em seu quarto e compartilha com ele seu dia e a música.

Logo depois do ocorrido, Maggie fica tão isolada que não sai mais de casa e nem fala com ninguém e isso faz com que toda a estrutura familiar mude. Assim, eles acabam se privando de todo e qualquer divertimento justamente por conta de Maggie. E Cherly e Maggie que eram amigas antes, se tornam duas estranhas uma para outra. Assim como Kate que não consegue mais enxergar a filha. No entanto, Calvin se torna seu grande amigo e seu pai continua lhe dando todo amor.





Os maiores prazeres de Maggie são os livros, é ali que ela embarca em novas histórias, personagens e lugares. A música era proporcionada através de Brooks, que sempre chegava com seu Ipod lhe mostrando novas canções. E também tinha a banda dos meninos, no Maggie sempre participava dos ensaios. E o chá da tarde era proporcionado pela Sra. Boone, que após o ocorrido com Maggie se sentia no dever de ir sempre visitá-la.






Conforme o tempo vai passando, Maggie e Brooks vão se aproximando cada vez mais e o sentimento entre eles que nunca se acabou desperta. E assim Maggie e Brooks acabam namorando. Mas nem tudo é flores, com o novo namoro, Kate acredita que Maggie vai acabar regredindo no processo do tratamento e faz de tudo para separar os dois. Até que por fim, ela consegue dar um fim no namoro de ambos. Com a banda fazendo todo sucesso justamente com a ajuda de Maggie, Brooks acaba indo morar em outra cidade e é quando anos e anos se passam sem que ambos se veem ou tenham contato.





Será que eles iram se reencontrar?
Será que depois de tanto tempo a vida dos dois não mudaram drasticamente?
Será que aparência e a vida deles mudaram?
Será que o amor vai continuar depois de tanto tempo?




“Amar alguém não significa estar junto só nos dias ensolarados, significa permanecer ao lado da pessoa durante as noites de tempestades também.”

“A coisa mais triste do mundo era que você poderia encontrar a pessoa que mudou sua vida para sempre e, ainda assim, acabar não ficando com ela. As pessoas que te ensinavam a amar nem sempre eram as que ficavam ao seu lado.”

“Às vezes, as pessoas não são quem você acha que são.”

“Uma pessoa nunca relê um livro excepcional e segue em frente com as mesmas crenças. Ele sempre surpreende e desperta novas ideias, novas formas de olhar para o mundo, não importa quantas vezes as palavras foram lidas.”


Eu adorei esse livro, simplesmente fiquei apaixonada. Logo no início da leitura você já leva um “tapa na cara”, ou seja, já chega, chegando. Conforme você vai lendo não sabe se chora ou ri. É um mix de sentimentos. Para mim foi um livro destruidor de coração. E meu exemplar está aqui recheado de post-its, por que é cada frase, cada sentimento expressado que você não quer perder nada.

Maggie é aquela menina alegre e até chata de vez em quando, mas depois do que sofre ela vira outra pessoa. Outra criança, outra adolescente, outra mulher. E o “engraçado” de tudo é que quem menos gostava dela é quem ficou mais ao seu lado. Tanto Brooks quanto a Sra. Boone nunca a deixaram de lado, posteriormente sua irmã Cherly também.

E por falar em Brooks...que ser é esse!!!! Desde criança Brooks sempre foi um fofo e conforme o tempo vai passando ele se torna ainda mais apaixonante. Se torna para Maggie um amigo, companheiro, ídolo, namorado, ficante, amante...tudo isso e mais um pouco. Apesar da sua vida, Brooks nunca deixa Maggie de lado, ela é seu grande amor, sua vida.

Eu sinceramente nem consigo expressar o amor desses dois. É tão forte e intenso, é tão belo o que Brooks é e faz por Maggie. Um amor sem explicação. A vida toda Maggie precisava de Brooks e há uma hora que é Brooks que precisa da sua melhor amiga e Maggie não deixa de estar ao seu lado. E mesmo com tudo que acontece com o Brooks ele ainda assim continua ajudando Maggie, pois é com tudo que acontece que faz ela se libertar dos seus medos.

Me identifiquei muitas vezes com Maggie, com seu jeito de pensar das pessoas, seus sentimentos e seu amor pela leitura. É nos livros que Maggie se liberta e vive vários cenários de dentro do seu quarto. São os livros que lhe ensina as coisas, que lhe traz conhecimento e sabedoria. E a música é algo que toca ela, que a distrai e que a faz se sentir feliz.

Eu só peço que leiam esse livro, tenho certeza que vai modificar seus dias, seus sentimentos. Uma história de superação, de amor e amizade; uma história que te toca e te chorar e te faz rir; uma história que irá te fazer refletir. Uma obra completa e tocante. Difícil não amar. Então, leiam!!

Vou deixar aqui algumas músicas citadas no livro, assim como alguns livros que também foram citados.



Playlist do livro

Obs: Clique nos links e confira as músicas


Livros citados pelos personagens


Ficha Técnica

Autora: Brittainy C. Cherry
Editora:  Record
Publicado: 2017
Número de páginas: 363

Nota: 

Instagram