segunda-feira, 6 de março de 2017

# Fantasia # Resenhas

Eragon

Resenha



Eragon é um menino camponês que ainda não atingiu sua maturidade, mas que ajuda sua família colocando comida dentro de casa. Sempre sai através da campina para caçar animais, já que o dinheiro não dá para comprar a carne. Em mais um dia de caça na Espinha, Eragon acaba encontrando uma pedra que aparenta ter muito valor, sem pensar duas vezes, ele a leva para casa. No entanto, decide fazer a troca da pedra por um bocado de carne com o açougueiro, mas acaba não obtendo sucesso.



Já em casa, ele fala sobre a pedra com o tio e o primo e a sugestão é procurar alguém que saiba o quanto aquilo vale. Depois de esperar por dias pelos mercadores, eles foram até a cidade para saber o quanto a pedra valia, mas acaba não dando em nada pois o mercador não faz ideia do seu preço. Então, Eragon acaba ficando com sua pedra.




Porém, durante uma noite de sono, Eragon acorda assustado com um barulho que vem da pedra e ao verificá-la percebe que ela está se rachando e é aí que encontra um pequeno animal, um dragão. Apesar de não saber o que fazer, Eragon decide ficar com o pequeno dragão, até que dias se passam e Saphira vai crescendo cada vez mais.


Só que seu pequeno e grande segredo acaba sendo descoberto e Eragon e Saphira acabam correndo um grande perigo, juntamente com o tio de Eragon e seu primo Roran. Saphira assustada leva seu Cavaleiro junto consigo, mas quando retornam a fazenda sobre ordens de Eragon, já é tarde demais. E assim uma grande batalha entre os reinos começa a ser iniciada.

**

“ – Porque não podemos discutir com todos os tolos do mundo. É mais fácil deixar que eles pensem que conseguiram o que queiram e enganá-los quando não estiverem prestando atenção. ” (p.109)

“As pessoas têm o irritante hábito de lembra-se de coisas que não deviam. ” (p.160)

**

Se eu tivesse que fazer a resenha mais completa, ela ficaria enorme pois esse livro é recheado de detalhes e assim se dá a dificuldade de falar sobre ele de forma complementar. Eu adorei essa obra, não sei porque tem pessoas que não gostaram e só espero que as continuações sejam tão boas quanto essa primeira.

O personagem mais incrível da história toda é Saphira, e não por ser um dragão, mas pelo seu jeito de ser. Ela possui um ótimo humor e uma inteligência sem tamanho. Enquanto Eragon, muito novo ainda é imaturo quanto as suas ações e pensamentos. Os outros personagens que aparecem no caminho de Eragon também são incríveis. Percebe-se que sem eles, Eragon já tinha morrido e falhado na sua luta a muito tempo.

Achei essa leitura bem parecida com a do famoso Tolkien, e isso é claro que me fez gostar mais ainda da obra, que é recheada de aventura e mistério. Esta obra traz o mapa das regiões citadas na história, assim como uma espécie de dicionário das palavras diferentes que são usadas pelos personagens.




O filme não é nada mal também, porém percebe-se muitas coisas vagas e sem explicação. Apesar de a forma de modo geral ser contada como acontece no livro, as cenas são completamente diferentes, vamos dizer que o roteirista só pegou a essência da obra.  


**

Autor:  Christopher Paolini
Editora:  Rocco
Edição: 2005
Número de páginas: 466
Nota: 


Instagram