segunda-feira, 6 de março de 2017

# Resenhas # Romance

O Último dos Canalhas

Resenha





Vere Mallory é um duque famoso, conhecido pelas suas libertinagens e por não se importar com seu próprio ducado. Seu melhor amigo é Sebastian Ballister, desde a época de escola ambos se juntavam para viver as diversas aventuras e entretenimento que lhes era apresentado. Porém, Sebastian acabou se casando e Vere perdeu uma das suas maiores companhias, só que seu caminho acaba se cruzando com de Lydia Grenville.



Lydia é uma jornalista que sempre está em defesa das crianças e mulheres. Mais uma vez ela se encontra em uma situação que tenta salvar uma jovem das mãos de uma grande cafetina de Londres e no meio da discussão, ela é interrompida por Vere. Apesar do duque tentar pôr um fim na confusão, ele começa a discutir com Lydia e por impulso tenta beijá-la, mas ela acaba nocauteando-o.

Depois disso, Vere vira chacota de toda Londres, e as notícias chegam mesmo até aos jornais. Então, o duque tenta encontrar uma forma de dar o troco em Lydia, porém suas tentativas acabam sendo falhas pois sempre fica cada mais com vontade de tê-la e protege-la.

**

No começo achei o livro parado em relação ao O Príncipe dos Canalhas, mas depois a trama vai se desfazendo e a história fica bem melhor. Lydia é aquela mulher independente e que corre atrás daquilo que quer, além de ter um grande coração. A obra traz várias facetas de Lydia incorporando a repórter e assim indo ao encontro de várias aventuras.

Apesar de ter gostado da obra, eu achei que algumas coisas eram muito modernas para época, até mesmo no primeiro livro. Na primeira obra da duologia, a história tem mais romance e é mais quente. Porém essa tem um toque de drama, aventura e mistérios.

**

Autora:  Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Edição: 2015
Número de páginas: 203

Nota: 



Instagram