sábado, 15 de abril de 2017

# Resenhas

Léxico






Wil acaba sendo sequestrado por uns homens e não consegue se livrar deles e voltar para sua vida normal. Só que no meio do caminho as coisas já começam a ficar enroladas e complicadas. Um dos seus sequestradores acaba morrendo, sua namorada e mais outra mulher. Mas mesmo assim ele ainda continua nas mãos de um dos sequestradores, Tom. Wil nem mesmo sabe o porquê disso tudo, já que não possui bens nem nada, é apenas um fazendeiro. No entanto, Tom não deixa Wil escapulir, ao que parece este tem algo de muita preciosidade.




Emily saiu de casa desde nova, vive nas ruas e sobrevive trapaceando as pessoas em jogos de carta. Porém, em um dia sua “sorte” parece mudar. Um dos jogadores acaba ganhando o jogo e Emily não consegue aceitar o rapaz ter ganhado. Até que no dia anterior ela lhe encontra e o enfrenta, só que Lee acaba lhe oferecendo para estudar em uma grande escola que é diferente de qualquer outra que exista; onde qualidades que ela possui são trabalhadas para lhe tornar mais apta. E para sair daquela vida e o fato de ter dinheiro em jogo, Emily acaba aceitando. O que ela não esperava é que ter o conhecimento das palavras e estudá-las mudaria sua vida.


**



Esse livro nos trás grandes surpresas e segredos. Eu até esperava que o livro pudesse ser bom pelo que me falaram, porém não imaginava ser tão bom assim. O final é bastante surpreende. Única coisa que me incomodou é que os mistérios entre os personagens não duravam muito. Apesar de aparentar inicialmente ser narrado duas histórias diferentes, ao longo da leitura percebe-se que todos os personagens estão conectados. Quem ainda não leu e gosta de livros que envolvem segredos envoltos da História mundial de modo geral, significados “ocultos”, vai adorar essa obra.

**

Autor: Max Bary
Editora: Intrínseca
Edição: 2015
Número de páginas: 364
Nota: 


Instagram