quinta-feira, 18 de maio de 2017

# Fantasia # Resenhas

Cidade das cinzas


Resenha





Obs: O conteúdo pode conter spoleir por ser uma continuação.

Apesar de todas as descobertas que Clary fez, em Cidade das Cinzas ela tenta voltar ao seu mundo e viver sua vida normalmente junto com seu melhor amigo Simon, mas parece que seu plano vai por água abaixo. Mesmo tentando fugir do perigo do Submundo, ele acaba indo até ela. Clary quando vê as pessoas que mais ama correndo riscos decide usar suas poucas habilidades para colocar em prática seu lado caçadora.

Enquanto isso, Jace está sendo culpado pela Clave de estar ajudando seu pai Valentim a roubar os Instrumentos Mortais. “Abandonado” pela sua mãe de criação Maryse, Jace se vê sem rumo e sem ninguém para acreditar na sua palavra. E todas as suas ações de rebeldia o fazem parar nas mãos da Inquisitora Herondale, que busca a todo momento atingir Valentim usando Jace como arma. Em vez de se permanecer recluso, Jace só entra em mais confusões o que só piora sua ficha. Mas com a ajuda de Clary as coisas parecem se tornar mais fáceis e mais difíceis ao mesmo tempo.
A medida que as coisas vão acontecendo muitos mistérios vão surgindo no Submundo podendo atingir toda Nova York e tudo indica que Valentim tem alguma relação com as mortes no qual estão sendo identificadas. Já Jace e Clary tentam combater o sentimento que sentem um pelo outro e com a descoberta que são diferentes e tem “poderes” especiais.


“Mas há também os demônios de grande sutileza e descrição, demônios que caminham entre humanos livremente e sem ser reconhecidos.” (p.361)

“Quando você realmente ama alguma coisa, nunca tente conservá-la do mesmo jeito para sempre. Precisa deixá-la livre para mudar.” (p.394)



Gostei bastante desse segundo livro e é claro que fiquei com um ponto de interrogação no final, assim como no primeiro. Pretendo ler o terceiro volume em breve. Achei que Clary estava um pouquinho mais madura nesse segundo volume e confesso que me deu muita dó dela e de Jace. Sinceramente torço para que ambos fiquem juntos logo. Espero ver muito mais de Alec e Magnus nos outros livros.



Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera
Edição: 2008
Número de páginas: 404
Nota: 

Instagram